PLANTAS PILOTO WOODGROVE

VALIDAÇÃO DE RESULTADOS ANTES DA IMPLANTAÇÃO

Cada teste pode simular quantos estágios de rougher/scavenger são necessários para alcançar o objetivo. Os reagentes e as condições podem ser modificados em cada estágio do teste.

COMPARAÇÃO ENTRE SISTEMAS EXISTENTES

Amostras retiradas da planta em operação são utilizadas para comparação entre o SFR e o equipamento utilizado na usina.

INTEGRAÇÃO FINAL

A Planta Piloto pode ser configurada de dois até cinco estágios. Com o painel de controle geral, você poderá controlar a energia utilizada nas bombas, agitadores e também nos elementos de controle.

PLANTAS PILOTO WOODGROVE

PLANTA PILOTO SFR SEMI-CONTÍNUA

A planta piloto Semi-contínua (Semi-Continuous Pilot Plant (SCPP)) foi desenvolvida para atender tanto projetos de “greenfield” (novas implantações), quanto projetos em plantas existentes (“In-Plant”).

GREENFIELDS (NOVAS IMPLANTAÇÕES)

A planta piloto é instalada em um centro de testes renomado e reconhecido, onde as amostras provenientes das sondagens ou de minérios selecionados são preparadas para os testes, e em paralelo, são analisadas em laboratório através de testes de flotação em bancada.

Esta planta piloto precisa de aproximadamente 20 a 30 kg de minério por teste e as vazões são de aproximadamente 12 a 20L/min. Cada teste simula quantas etapas de rougher/scavenger são necessárias para alcançar o objetivo. Os reagentes e as condições podem ser modificadas em cada estágio do teste. Isso permite ao operador da planta piloto encontrar rapidamente as condições ideiais para maximizar o teor e a recuperação para cada lote de 30kg de minério. Em paralelo, são realizados testes de flotação em bancada. Isso permite uma comparação de eficiência e vantagens do SFR em relação à flotação em bancada. Por meio da utilização de procedimentos reconhecidos de “scale up” dos resultados obtidos em laboratório para a escala comercial de células tanque ou colunas, a mesma comparação pode ser feita em escala de produção comercial.

Essa planta piloto é ideal para os estágios rougher e scavenger. Também pode ser utilizada no estágio cleaner, caso sejam obtidas amostras suficientes nos testes realizados no estágio rougher.

IN-PLANT (PROJETOS EM PLANTAS EXISTENTES)

Para programas de testes em concentradores que estejam em operação, a planta piloto semi-contínua poder ser montada em qualquer área das instalações industriais. Amostras podem ser coletadas através de um amostrador manual e baldes em qualquer ponto de interesse e para os testes na planta piloto. Amostras coletadas do circuito existente também devem ser coletadas para permitir a comparação entre o SFR e o equipamento existente na usina. A planta piloto SFR semi-contínua é ideal para os testes em plantas existentes, pois permite a realização dos testes com amostras de qualquer etapa do circuito (rougher, scavenger, cleaner) com modificações mínimas na montagem que são concluídas em minutos.

NÃO SAIBA POR NÓS...

VEJA O QUE NOSSOS CLIENTES QUE JÁ UTILIZARAM ESTE PRODUTO TEM A DIZER SOBRE ELE

O MOTIVO

O MOTIVO

O motivo para escolher a Portage (Woodgrove) para atualizar o sistema de controle do Concentrador foi simplesmente porque a empresa:
· Ouviu as nossas necessidades
· Forneceu soluções para alcançar resultados
· Integrou perfeitamente seu sistema de controle ao nosso sistema (DeltaV)
· Possui uma equipe com vasto conhecimento em flotação (Metalurgia, Controle Especialista e configuração do DeltaV)
· Entregou dentro das expectativas

INICIE A CONVERSA

Transforme oportunidades em soluções!

CONTATE A WOODGROVE